Red de Bibliotecas Virtuales de Ciencias Sociales en
América Latina y el Caribe

logo CLACSO

Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://biblioteca-repositorio.clacso.edu.ar/handle/CLACSO/49006
Título : “Sexual roles” at Museu Paulista collection
“Papéis sexuais” no acervo do Museu Paulista
Editorial : Edições Universitárias Lusófonas
Descripción : The Museu Paulista established its collection policy in 1990, at the same time as the institution's research line was as follows: I. Daily life and society (sexual roles, age and enculturation), II. The World of Work (pre and proto-industrial) and III. Imaginary (the material vectors of sense). During my master's research, after analysing approximately 617 acquisition processes, I was able to identify that the institution collects a considerable number of objects because of its interest in gender issues. However, even after 25 years of work in this area the Museu Paulista continues to consider the binary concept of gender. This results in the exclusion of references to non-binary aspects of gender and sexual diversity in the museum’s collection, as well as the removal of the institution of contemporary studies on gender and sexual roles. We must point out that the Museu Paulista is not the only one to develop its institutional policy in this way. In Brasil, at least some authors have already shown that museums are, for the most part, far removed from the discussion about gender and sexual diversity. This is one of the main reasons justifying the discussion on the international scene, in addition to the fact that 'new' identities of gender and sexuality have been the subject of intense public debate nowadays.  Key words: Museology; Sexual diversity; History museum; Collections acquisition.
O Museu Paulista estabeleceu sua política de acervo no ano de 1990, ao mesmo tempo em que fixou como linha de pesquisa da instituição os seguintes tópicos: I. Cotidiano e sociedade (papéis sexuais, idade e enculturação), II. Universo de trabalho (pré e proto-industrial) e III. Imaginário (os vetores materiais do sentido). Durante minha pesquisa de mestrado, após analisar aproximadamente 617 processos de aquisição de acervo, pude identificar que a instituição coleta um número considerável de objetos devido a seu interesse às questões de gênero. Entretanto, mesmo após 25 anos de atuação nesta área de estudos, o Museu Paulista continua considerando o conceito binário de gênero. Isso resulta na exclusão de referências à aspectos não-binários de gênero e de diversidade sexual na coleção museológica, bem como o afastamento da instituição de estudos contemporâneos acerca dos papéis de gênero e sexuais. Devemos pontuar que o Museu Paulista não é o único a desenvolver sua política institucional nestes moldes. No Brasil, pelo menos, Tony Boita e Jean Baptista já demonstraram que os museus mantêm-se, na sua grande maioria, afastados da discussão sobre gênero e diversidade sexual. Este constitui um dos principais motivos que justificam o levantamento desta discussão no cenário internacional, além do fato de que 'novas' identidades de gênero e sexualidade têm surgido de forma cada vez mais intensa no debate público. Palavras-chave: Museologia; Diversidade sexual; Museus de história; Aquisição de acervo.
URI : http://biblioteca-repositorio.clacso.edu.ar/handle/CLACSO/49006
Otros identificadores : https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/7584
10.36572/csm.2021.vol.61.07
Aparece en las colecciones: Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia - CeiED/ULHT - Cosecha

Ficheros en este ítem:
No hay ficheros asociados a este ítem.


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.