Red de Bibliotecas Virtuales de Ciencias Sociales en
América Latina y el Caribe

logo CLACSO

Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://biblioteca-repositorio.clacso.edu.ar/handle/CLACSO/76864
Título : Efeito do transtorno depressivo sobre os rendimentos do trabalho por gênero e setor produtivo brasileiro
Autor : 
Palabras clave : Transtorno depressivo; Rendimentos do trabalho; Mínimos Quadrados em Dois Estágios.
Editorial : UNESC
Descripción : O objetivo desse estudo é verificar o efeito do transtorno depressivo sobre os rendimentos do trabalho por sexo e setor de atividade no Brasil. Para tal, utilizou-se o modelo de Mínimos quadrados em dois estágios (MQ2E) com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para o ano de 2008. Como principais resultados, verifica-se que os rendimentos variam de negativo (esperado) a positivo em relação a incidência do transtorno depressivo sobre os indivíduos. Cabe destacar, por exemplo, que os rendimentos de homens acometidos por essa enfermidade no setor de serviços domésticos são 176,22% menores em relação aos trabalhadores desse mesmo setor, mas sem a doença. No caso das mulheres, tem-se que ser acometida pelo transtorno depressivo e trabalhar no setor industrial implica em diminuição da ordem de 91,02% nos rendimentos em relação às mulheres que trabalham no mesmo setor, contudo não foram diagnosticadas com o referido transtorno.
URI : http://biblioteca-repositorio.clacso.edu.ar/handle/CLACSO/76864
Otros identificadores : http://periodicos.unesc.net/RDSD/article/view/6091
10.18616/rdsd.v7i1.6091
Aparece en las colecciones: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico. Unidade Acadêmica de Ciências Sociais Aplicadas. Universidade do Extremo Sul Catarinense - PPGDS/UNESC - Cosecha

Ficheros en este ítem:
No hay ficheros asociados a este ítem.


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.